Pico Garcez

Pico Garcez (n. 1963, São Paulo, Brasil) Apaixonado pela Fotografia, Iconografia e Pintura desde a infância, pratica a liberdade de olhar e intuição, busca desafios estéticos ligados à observação da imagem em temas como solidão, reflexos de vazio e comportamento. Sua experiência inclui: fotografia, direção de filmes e videomapping . Foi homenageado quatro vezes pelo  The Art Of intuitive Photography em Nova York e pela Fundação Circle For The Arts. Suas fotografias estão em coleções permanentes como as do Museu de Arte do Rio (MAR), Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) e Museu de Fotografia de Fortaleza, entre outras coleções particulares brasileiras e internacionais.

É representado por galerias em Nova York, Paris, São Paulo e Salvador.